Informação, conhecimento e valor

R$ 38,00
. Comprar  

Teria o sistema capitalista passado para um estágio “superior”, onde a exploração do trabalho vivo foi substituída pela livre circulação da informação?
 

Este o ponto de partida da investigação de Ruy Sardinha Lopes, estudioso das novas tecnologias da informação e de suas implicações sociais, em Informação, conhecimento e valor.


Nesse livro o leitor acompanhará o autor em um périplo pela evolução dos modernos sistemas de comunicação (a telefonia, as redes eletrônicas, os sistemas computacionais) não do ponto de vista técnico, mas do ponto de vista de sua relação com o movimento do Capital, motor do sistema socioeconômico que regula a vida de todos os homens.


Ao final dessa viagem, o leitor terá não apenas um balanço crítico surpreendente de autores tão diversos quanto Manuel Castells e Antonio Negri, mas a indicação precisa das “inversões ideológicas” que tanto seduzem os incautos e os deslumbrados com o admirável mundo novo da tecnologia e dos novos meios de comunicação.


Como afirma Otília Arantes, Informação, conhecimento e valor “deve ser saudado como um sinal muito forte de que a inteligência crítica está se recompondo no Brasil”.
 

Sobre o autor

Ruy Sardinha Lopes, nascido no Rio de Janeiro, em 1961, é bacharel, mestre e doutor em Filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP).


Atua no ensino superior há 18 anos e, atualmente, é professor e pesquisador do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC-USP).


Especialista em estética e artes contemporâneas, com diversos artigos e palestras proferidas, desde os anos 1990 vem estudando o papel das novas tecnologias de informação e comunicação (TICs) na sociedade e no campo das artes.


Mais recentemente, sua pesquisa voltou-se para um novo campo disciplinar — a economia política da informação e da comunicação — o que lhe permitiu o  aprofundamento de suas análises das questões econômicas da contemporaneidade e sua filiação à União Latina de Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura (ULEPICC).

• Prazo para postagem:
Veja também