Publicado em

Maximumrocknroll Nº 356 – janeiro de 2013

MRR #356 cover

Feliz Ano Novo! Nós sobrevivemos ao apocalipse e, como as indestrutíveis baratas, a Maximum Rocknroll sobrevive! Direto do prelo sai a iluminada Edição Nº 356! Aqui você vai ler o punk-pra-caralho do ABSURDO discutindo o absurdo do mundo, um papo com a lenda pós-punk experimental de Houston, MYDOLLS, e o dark crust com toques de hardcore de Milwaukee: PROTESTANT. A banda sueca INFERNÖH nos conta sobre sua cena local e sua versão do furioso hardcore sueco, e o hardcore poluído da banda DISGUISE nos deixa a par do que tá rolando no punk irlandês. A cineasta brasileira Carol Pfister comenta seu novo filme Viva Viva, sobre a cena de São Paulo, enquanto que a jovem banda grind de San Jose, Califórnia, TADROATEV (THESE ARE DA RESULTS OF A THOUSAND ELECTRIC VOLTS) nos permite entrar sem cerimônia em sua realidade do punk, e de Grand Rapids, Michigan, o quarteto barulhento PROCESSION fala de seu som pós-punk dark e etéreo. O selo e loja de discos Off The Hip Records, da Austrália, revela os meandros do que é ser independente no Hemisfério Sul, e nos inteiramos com o trio de hardcore punk de Houston, Texas, SECRET PROSTITUTES. Temos também a segunda parte da matéria Notes on the Peruvian Underground [Notas sobre o underground peruano] (a parte 1 está na MRR Nº 353), e como sempre, temos uma porrada de colunas, notícias e a mais extensa seção de resenhas de livros, filmes e discos de punk já publicada!